Seu texto aqui #Amor de uma puta

E ai pessoal, tudo ok? Hoje o texto é do Leo do blog Leo N Rezende =)

PS:  Tenho muitos textos ainda pra publicar, então não fiquem chateados, logo mais o seu texto aparece por aqui!

 

Amor de uma puta

images

 

Caio estava cansado daquilo tudo. Já era o terceiro verão seguido que um ataque de sinusite marcava o fim da sua adolescência, seus pais estavam no banco da frente do carro falando sobre qualquer coisa enquanto o garoto olhava a garoa fina que caia sob a noite.

Foi então, ainda no bairro do ponto socorro, que Caio avistou uma figura parada na esquina, enquanto o carro ia avançando a frente o jovem percebeu que se tratava de uma mulher, uma linda mulher, com seu rosto fino onde se encontravam traços masculinos escondidos por uma camada generosa de maquiagem. Seus olhos castanhos escuros tingidos de sedutores eram contornados por tinta preta. Sua boca fora desenhada com um batom vermelho sangue fazendo com que seus lábios carnudos e sedutores chamassem Caio, mas o garoto não olhava isso, nem os seios da moça que estavam a mostra, nem a pequena  saia que ela vestia e nem o cabelo liso e negro de aplique que chegava no cóccix dela. Nada daquilo interessava o garoto.

Caio olhava para dentro dos olhos da moça e a via de verdade. Sentiu-se culpado e desconfortável. Estava ali, num banco de um carro, aquecido e seguro, com pessoas que lhe davam carinho e atenção e a única vontade que teve foi de abrir a porta do carro e abraçar aquela mulher, pergunta-lhe seu nome e de onde viera, colocá-la no carro e levado ela para sua casa, fazer algo para ela comer, a fazer rir, jogar conversa fora, falar sobre tudo e sobre nada. Arrumar a cama para ela deitar, cobri-lá e dizer: “boa noite, meu anjo”, e olhar ela dormir enquanto faria um cafuné em seus cabelos. Ele queria lhe dar amor.

Amor que nenhum homem barbudo que jogava dinheiro sujo na cara da moça depois de transar com ela sem ao menos perguntar seu nome lhe dera. Amor que talvez nunca tivesse recebido nem de pai nem de mãe, nem de irmãos ou amigos. Amor que esquentaria aquele coração que tentava ser forte depois de tanto ser machucado. Amor que jamais conhecera.

Mas do mesmo modo que o carro se aproximou da mulher, ele se afastou até Caio não poder mais ver sua amada, ficando somente com a culpa e o desconforto.

Anúncios

3 comentários sobre “Seu texto aqui #Amor de uma puta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s