Comédias românticas

vendo-televisao

Quer um conselho para se dar bem na vida amorosa? Não se espelhe em filmes românticos. Você liga a TV e está passando aquele filme em que um casal se conhece, ficam loucamente apaixonados um pelo outro, se separam e depois de anos se reencontram e ficam juntos. Você chega em casa e sua irmã está assistindo um filme em que o cara morre e deixa cartas para a esposa aconselhando-a como viver a vida sem ele.

Não que eu odeie comédias românticas, pelo contrário, assisto tudo o que sai. Vai me dizer quem não queria um Nelson de Doce Novembro na sua vida? Companheiro, fazendo de tudo pra permanecer ao seu lado mesmo sabendo de toda a verdade? Ou mesmo o Oliver do De repente é amor, que te encanta com aquele jeito fofo de ser e que sempre está presente mesmo com o decorrer dos anos e no final tudo da certo? Mas tudo isso é filme, esse amor eterno dificilmente existe, sejamos realistas. Se você vê esses filmes e espera que a mesma coisa aconteça na sua vida, espere sentada… Ou melhor, não espere.

Temos que aprender a separar  ilusão de realidade. Pior que, às vezes fazemos isso sem perceber… Você vê tantos filmes românticos e lê tantos livros de amor, que quando sai com um cara fica se perguntando do por que ele não abre a porta do carro pra você, ou, por qual motivo ele não diz que você está linda, ou pior ainda, se ele não falou nada de ter algo sério ainda já fica se perguntando se você é só mais uma. Ou seja, você começa a ficar louca e puta da vida porque ele não é o cara que você queria que fosse.

Passam uns dias, o cara não liga, aparece no Facebook de vez em quando, vocês trocam apenas poucas palavras e lá está você, lamentando com sua amiga: “Ele me iludiu!”. Não amiga, ele não te iludiu. Você que iludiu a si mesma, esperando algo de alguém que só existe na sua cabeça. Ele alguma vez te prometeu algo? Ele alguma vez disse que ele era igual aos filmes água-com-açúcar que você vê? Não, não e não. Aprenda: não ponha expectativas nos caras baseado em contos de amor, a conclusão será apenas uma: ilusão!

O cara da sua vida vai arrotar, vai brigar com você por coisas bobas, não vai ter atitude nas coisas que você quer que ele tenha. O “Eu te amo” não vai sair da boca dele sempre que você quiser, a hora que quiser etc etc. Mas uma coisa é garantida: Ele vai ser real, de carne e osso, com seus defeitos e virtudes. E você vai gostar dele por ele ser quem é. E ainda assim vai ser melhor do que um perfeitinho-que-só-vive-na-sua-mente, porque ele sim existe e está ali, ao seu lado. Aí você percebe que cada um tem seu Thor na vida: às vezes mais gordo, mais magro, mais baixo, mais feinho, mais isso, mais aquilo…

Anúncios

14 comentários sobre “Comédias românticas

  1. Fazer o quê , todas nós adoramos criar um amor inventado. Mas ás vezes o real também é bom, à sua maneira claro, pode não ser o deus grego dos seus sonhos, pode não trazer flores e chocolates numa quinta qualquer, mas ainda assim estará ao seu lado , te amando por quem você é. Afinal, nós também não somos como as mocinhas dos filmes não é?

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s