A Heroína e Seus Motivos

heroina01

Quando te perguntam qual é seu super herói preferido, responda com sinceridade, você pensa em uma heroína? São raras as pessoas que sim. Ainda nos dias de hoje, em que encontramos muito mais igualdade pelos cantos, a quantidade de heroínas ainda não se equipara a de homens. Mesmo assim, finalmente as super heroínas começaram a ganhar mais destaques nos quadrinhos e cinema – e as críticas também nunca foram tão controversas.

Um dos maiores debates que percebo é sobre o apelo sexual direcionado às heroínas. Já vi muita gente perguntar “Mas por que elas precisam ter seios tão enormes, com roupas justíssimas e sensuais?”. Talvez você, leitor, não concorde comigo, mas isso é bastante injusto, uma vez que está ignorando completamente os heróis masculinos. Qual deles não tem um abdômen fenomenal, com músculos enormes e roupas coladas? Eles são surreais. Por mais que não tenha nada de natural na beleza das heroínas, também não tem nada de natural na dos heróis.

heroina02

E isso tudo acontece por um simples motivo: todos esses personagens e histórias partem do imaginário humano. Então, se os cartunistas têm toda a liberdade para imaginar super humanos, por que seria errado imaginá-los dentro do ideal, dentro do que é considerado perfeito para os padrões artísticos e de saúde da nossa época? Até admito que músculos enormes não indiquem saúde, mas esse é de fato o reflexo do estereótipo “galera da academia” de hoje. Quem quer se sentir mais saudável, mais bonito e dentro dos padrões de beleza da nossa época, sempre corre para uma.

E não tem nada de errado com isso! Errada eu acredito que seja a grande mania de perseguição. Eu entendo, em um mundo cada vez mais politizado, é difícil encontrarmos um assunto que não gere discussão. Mas vamos deixar fluir em nós o imaginário e nos permitir criar cada vez mais personagens lindos, até chegar o dia em que outro tipo de beleza nos prenda a atenção a ponto de roupas justas não alimentarem mais o que é sexy dentro da mente humana. Cada coisa a seu tempo. Enquanto esse dia não chega, aceitemos o fato de que ver histórias com personagens que são tudo o que achamos legal ser, interna e externamente, é divertido! E, enquanto houver diversão sem falta de respeito, por que não?

Anúncios

12 comentários sobre “A Heroína e Seus Motivos

  1. Muito bacana o texto! Ainda acredito que tenha realmente uma apelação ao corpo e a sensualização feminina, até por que os Heróis também tem o corpo definido, mas muitos vilões são bem feios e horriveis, o que dificilmente acontece com uma vilã, que na maioria das vezes até mesmos as alienígenas tem um corpo perfeito.
    Mas eu concordo com você “Cada coisa a seu tempo. Enquanto esse dia não chega, aceitemos o fato de que ver histórias com personagens que são tudo o que achamos legal ser, interna e externamente, é divertido! E, enquanto houver diversão sem falta de respeito, por que não?”

    Eee eu Amo a Mistica e a Mulher Invisível ❤

    Curtido por 3 pessoas

    • Como não amar a Mística, né? E olha, muito bem pensado, a maioria das vilãs realmente são super sexy! Até existem vilões bonitos, porém dá mesmo uma equilibrada! Gostei, quem sabe é assunto para um post futuro! Beijos!

      Curtido por 1 pessoa

  2. Está aí algo que nunca parei para refletir. As heroínas são mesmo poucas. Na verdade, quando se fala em personagens marcantes femininas me vêm logo à mente apenas duas a mulher maravilha e a mulher-gato. A última nem mesmo é heroína, apesar de ser uma personagem bastante complexa. Sobre o estereótipo, parece não haver jeito mesmo. Creio que jogam com gosto do próprio público e suas fantasias. Mas, enfim, gostei muito do blog de vocês e aos poucos vou lendo. Forte abraço.

    Curtido por 1 pessoa

  3. O que me chamou mais a atenção foi você ter colocado justamente a Hit girl no topo. Sem qualquer apelo sexual, uma criança na verdade mas com atitude de quase vilã. Definitivamente está entre as minhas preferidas. Agora minha primeiríssima foi a Orquídea Negra. E isso tem é tempo. rsrs Agora, quanto a sua reflexão e sobre o que falou dos estereótipos e saúde física, acho que o problema pode passar justamente por aí. A saúde física em detrimento da mental. É um massacre de formas e conceitos que acabam fazendo a gente se sentir uma droga as vezes. Claro que são corpos lindos! Na cultura de hoje são esses que contam, como você disse. Houve uma época em que o belo eram mulheres com umas gordurinhas a mais. Sempre haverá os que gostam e os conceitos mudam conforme a necessidade geral. Mídia, sei lá. Só que o nome já diz: Herói. Tem que encarnar o que há de “melhor” e ser um espelho do que gostaríamos de ser. Precisam estar em boa forma física ou não seriam heróis da forma que são. Deus me livre de ver o Henry Cavill com uma barriga xigante só pra fazer o Superman! Não combina com a roupa. rsrs
    Sério, num assalto você corre por ajuda e vê dois policiais, um forte e grande e outro baixinho e miudo. Mesmo que o baixinho seja o Joe Pesci em Goodfellas, a gente vai correr pro alto e forte. É a sensação de proteção que passa. Isso nos homens, agora sinceramente lutar com seios daquele tamanho… Só sendo super humano. 😉
    Adorei Aline! Ficou ótima sua reflexão.
    Bjoo

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s