Friendzone

O complicado do tema deste post é que nem todos acreditam na própria existência da friendzone. E eu concordo. Isso porque as pessoas falam da “zona da amizade” como um papel em que a pessoa amada te colocou. Quando você é amigo dela e não será nada além disso. A famosa frase “Eu te amo, mas só te vejo como amigo” é como a frase que te coloca em um portal diretamente para a temida friendzone.

FZ02

Mas, como eu disse, eu discordo do que costuma envolver o tema. Minha teoria é a de que, se você se considera na friendzone, é porque você se colocou lá. Sim, a friendzone é um estado de espírito. Calma que eu explico!

Quando você conta para seu amigo(a) que está apaixonado(a) por ele, a última coisa que você deseja é receber aquele olhar constrangido seguido por um toco. É difícil mesmo levar um fora. Se na balada, com alguém que não se quer nada, já é chato, quando se trata de uma pessoa por quem temos sentimentos fica muito pior.

FZ01

E é claro, quando o amor não é correspondido, temos todo o direito de um pequeno luto. É normal ficar chateado por ser visto apenas como um amigo, faz parte. Difícil de aceitar, mas precisamos seguir em frente. E é aqui que está meu ponto de que está na friendzone quem quer. Se você seguiu em frente, significa que foi atrás de superar aquele amor romântico e platônico, certo? Ou seja, fica na temida friendzone os que insistem em conquistar a pessoa e acreditam que uma hora vão ficar juntos, ignorando completamente o que a pessoa disse sentir.

De onde surgiu essa regra que não podemos falar “não”? Temos que ficar com todo e qualquer indivíduo que diz nos amar? Não é assim! Acho a coisa mais feia do mundo as pessoas que tratam alguém mal ao escutarem um “eu te amo”, mas pior ainda é o outro lado não respeitar quando o sentimento não é recíproco. O amor pode sim ser unilateral e não correspondido, mas cabe a quem declarou o amor seguir em frente aceitando que não se controla o coração alheio. Esse respeito pelo sentimento do outro é a maior prova de amor que você pode dar.

A vida de quem persiste é triste: costumam reclamar sobre não serem valorizados pelo ser amado mesmo fazendo de tudo por ele, quando na realidade eles mesmos que não se valorizam ao não seguirem com suas vidas e partirem para a próxima.

Meu conselho é talvez um tanto difícil, mas vai para todos que se consideram na friendzone: desapegue. “Falar é fácil”? Não é não. É difícil chegar nessa conclusão, mas quando você se convence, o desapego vem sozinho. Reflita se vale a pena focar tanto do seu tempo em um relacionamento que a outra parte sequer deseja. Isso não tem a ver com vocês combinarem ou se darem muito bem, é simplesmente o respeito que você tem pela vontade do outro. Se você o ama tanto e se você se ama, o passo primordial para sair daí é aceitar a boa amizade de quem você já gosta e ir atrás de outras pessoas que também te fazem bem. Afinal, nunca se sabe quando pode aparecer outro amigo te vendo muito mais do que “apenas um amigo”…

😉

Anúncios

3 comentários sobre “Friendzone

  1. Republicou isso em Em busca de mim mesmoe comentado:
    Eu só fui saber da existência do termo “friend zone”, logo depois que eu me formei em História. E, provavelmente, eu tenha colocado, vários caras lá! Se alguns deles se sentiram, ou se sente na friend zone, eu não sei! Mas, se fiz isso, é porque não rolou nenhuma química/afinidade, ou simplesmente, até rolava algum tipo de afinidade, mas, talvez não fosse o momento propício, para se ter um relacionamento maduro com alguém. Eu mesma já “coloquei um na friend zone”, porque eu queria me divertir, e, me auto-afirmar, apesar de ter pago um preço muito alto, por essa auto-afirmação, e, me arrependo amargamente disso! Não que eu vá tirar alguém da friend zone, por culpa, mas, se, algum dia, eu for fazer isso, que seja, porque, eu ame a pessoa de verdade, e, não para me redimir! Mas teve um outro, que, eu coloquei na friend zone, porque realmente, não tinha aquela afinidade, além de me sentir sufocada, na presença do cidadão. Anos mais tarde, insatisfeito com a sua situação, em relação a mim, o indivíduo, se vestia, de forma ridícula, parecia que vivia no rodeio, e, se comportava de forma competente ogra! E, isso só reforçou a minha decisão, de não me relacionar com àquele indivíduo! Detalhe: Já vi Coachings de sedução, recomendar que saia da friend zone, se comportando da forma mais deselegante, possível! A merda é que, tem gente que, gasta rios de dinheiro, para aprender a ser imaturo! Gente, saia da friend zone, com dignidade e maturidade! Se comportando como um ogro, só vai reforçar a decisão da pessoa não se relacionar com você, e, te ver como uma pessoa sem um pingo de amor próprio!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s