Ménage à Trois – Parte Um

menage1

O assunto ainda é tão polêmico que merece ser tratado em partes. Essa primeira trata-se do princípio de tudo: fazer ou não fazer? Vou deixar claro aqui que esse post destina-se a casais que pensam em fazer isso. Vamos combinar que quando são apenas três amigos sem um envolvimento amoroso, tudo fica mais fácil, mas isso fica para outra vez.

Topar algo assim não é para qualquer um e, ao pensar em cair de cabeça em uma experiência dessas, existem algumas coisas que devem ser consideradas:

Autoconfiança
Sem autoconfiança, acho difícil levar a ideia adiante. Você precisa saber que um ménage funciona para o prazer das três pessoas. Ou seja, você precisa ter essa confiança para que seja uma experiência prazerosa.

Confiança no parceiro
Se você acha que seu parceiro ficaria depois com uma intimidade inconveniente com a terceira pessoa, você já não confia nele desde o princípio. Para rolar um ménage legal vocês devem estar em sintonia sobre querer a mesma coisa e, principalmente, querer que seja um lance de maior intimidade para os dois, pois o prazer será mútuo. Ou melhor, triplo, pois terá mais alguém envolvido.

menage2

Pense em você
Vários caras não permitem que um ménage possa ser com dois homens. É um egoísmo na cara dura, pois além de deixar claro que só pensa no próprio prazer, também demonstra a própria insegurança. Se estiver afim de fazer isso com alguém, pense se a pessoa também faria por você, ou mais tarde podem vir arrependimentos quando você quiser algo recíproco.
Uma amiga minha sugeriu para o namorado de fazerem Swing quando ele começou a insistir na ideia de um ménage. Infelizmente o resultado foi: ele parar de falar de ménage e querer que ela tirasse a ideia do swing da cabeça. Cada caso é um caso, mas o mais importante é você só topar se for algo que não te deixe desconfortável.

Só faça se tiver certeza
Os dois precisam estar à vontade com a situação, senão o momento só trará frustração, arrependimentos e brigas. Acredito que isso já deixe claro o meu ponto: não faça para agradar ao outro. E, muito menos, não faça se tiver nojo. É, acontece. Se esse é o seu caso e você tiver a curiosidade ainda assim, então é uma questão de limites. Mas isso fica para a parte dois.

E para todos os que pensam no assunto e querem saber o que fazer a partir daí mas não sabem por onde começar, aguardem pelo próximo post!

Anúncios

9 comentários sobre “Ménage à Trois – Parte Um

  1. Sou totalmente a favor e acho que todo mundo tem que fazer pelo menos uma vez na vida! Tirar da cabeça essa ideia de possessão! De fato, ninguém é de ninguém, tem que haver respeito, claro, e confiança. Fulano (ou fulana) não te ama só porque você é bom de cama, tem outros vários poréns, então seu parceiro não vai te trocar simplesmente porque a terceira pessoa do sexo é mais gostosa ou mais bonita ou seila. Sexo é simples e bom. Sexo é só sexo!

    (Adorei o texto e na parte dois eu volto aqui pra ler)
    bjos

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s